Dra. Maria Regina Moreno Sierra

Cirurgiã-Dentista Especialista em Implantologia Oral - CRO 32.132


O Papel do Dentista    Implantes    Carga Imediata    Enxerto Ósseo    Lentes de Contato Dentais

Facetas Dentais    Restauração em Resina    Clareamento a Laser    Cuidados    Entrevistas


O Papel do Dentista

Porque ir ao dentista regularmente

Assista ao vídeo sobre saúde bucal clicando aqui...

 

A maior parte das pessoas sabe que é importante ir ao dentista regularmente, mas a razão nem sempre é de todo compreendida. Como algumas pessoas têm um intenso medo de dentista, é de grande ajuda saber por que é importante ir ao dentista regularmente, o que pode incentivar qualquer pessoa a agendar sua consulta odontológica. Segundo a APCD - Associação Paulista dos Cirurgiões Dentistas, as pessoas devem visitar o dentista duas vezes por ano para uma limpeza e controle, e algumas pessoas podem precisar visitar com mais freqüência se forem identificados como "em risco". Se você não tiver ido nos últimos seis meses, marque uma consulta com seu dentista.

O principal motivo para ir ao dentista é manter os dentes em excelente saúde. Durante uma sessão de limpeza de dentes, um dentista pode ser muito mais aprofundado do que você em sua casa. O dentista tem o equipamento especializado que é projetado para remover a placa bacteriana e o tártaro durante a limpeza ao redor do dente. O dentista também pode dar dicas e sugestões para manter os dentes saudáveis, e geralmente uma sessão de limpeza permite visualizar e antecipar problemas futuros.

Muitos dos problemas dentários não se apresentam com dor ou são de fácil visualização até que estejam muito avançados. Infelizmente, problemas dentários geralmente são irreversíveis, o que significa que um dente extremamente doloroso terá de ser aberto ou extraído. Ao ir ao dentista regularmente, o dentista pode identificar áreas de risco potencial e evitar maiores problemas dentários. O dentista também pode identificar a necessidade de "enxerto gengival, suspensórios", ou outras medidas para proteger a saúde da sua boca.

Indo ao dentista regularmente você evitará o risco de infecções dentárias. Cáries não são apenas dolorosas, elas podem abrigar infecções potencialmente perigosas para você. A infecção pode espalhar-se para a corrente sanguínea, por exemplo, levando à septicemia. A detecção precoce irá poupar-lhe dor, dinheiro e problemas de saúde potencialmente graves.

É compreensível ter medo de uma visita ao dentista. Se você tem enorme ansiedade ou estresse quando vai ao dentista, considere, por exemplo, uma visita a um psicólogo ou psiquiatra para falar sobre o assunto. Se necessário, o psiquiatra pode receitar medicamentos ansiolíticos para ajudá-lo a ir ao dentista sem medo.

 

Maria Regina

 

 

A boca é a morada do sorriso!

Pela boca o recém-nascido recebe sua primeira satisfação física. Seus lábios, ao entrarem em contato com o seio materno, recebem mais do que alimento, mas principalmente segurança e amor. Esse íntimo e radiante primeiro contato produz uma profunda impressão psíquica na criança. É com a boca que a criança explora o mundo ao seu redor. Desde o começo da vida, a boca, no ser humano, funciona como a mais importante via de comunicação entre o indivíduo e o mundo em que vive. Os dentes da primeira dentição (de leite) constituem os primeiros instrumentos de trituração e mastigação do alimento.

A boca e os dentes são os instrumentos pelos quais são expressados os primeiros sentimentos de felicidade, alegria, raiva... e também de prazer e amor, principalmente através do beijo.

O significado emocional da boca é o que torna dramático o pedido de ajuda que o paciente faz quando recorre ao dentista. Intervir neste pequeno espaço resulta delicado na medida em que ansiedades instintivas são despertadas.

Tanto quanto habilidade técnica do profissional, a sua consideração, seu respeito e seu zelo com a boca vão lastrear a confiança necessária para que o paciente complete o tratamento e seja atendido.

Entregar a boca ao dentista é entregar-lhe a via régia da comunicação. Por isso o trabalho do dentista é muito mais do que a função mecânica protética e a técnica manual. É uma atividade essencialmente clínica. Isto significa que exige uma motivação e vocação para o cuidado e a dedicação à pessoa em si.

Antes mesmo de entrar em contato com as estruturas lesadas ou as falhas bucais, o dentista atende uma pessoa que está vivendo uma situação de importância para sua vida, e para a qual necessita de esclarecimento e ajuda.

A boca é morada do sorriso! Quão incômodo se torna não ter mais dentes para sorrir! É o sorriso que o paciente deseja que o dentista lhe devolva!

A ida ao dentista pode despertar, para muitas pessoas, temores, fantasias e expectativas. A mão do dentista e seus instrumentos na boca do paciente desencadeiam sentimentos de alívio ou violência. Há pacientes que receiam uma simples anestesia.

Estamos considerando, afinal, a dimensão emocional, que é a primeira a ser considerada pelo dentista em sua relação com paciente. O tratamento dentário visa realizar um benefício à pessoa como um todo. O dentista sempre deve ter em mente que mais que a técnica, é a palavra que cura e conforta. Compreender, muitas vezes, é a forma mais importante de curar. O remédio é apenas o meio físico da cura.

Maria Regina

  Dra. Maria Regina Moreno Sierra - Dentista Especialista em Implantes

Cirurgiã Dentista
Especialista
em Implantologia Oral desde 1997


Professora do Curso de Especialização em Implantologia Oral da Escola de Aperfeiçoamento Profissional
Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, SBC, São Paulo


Professora Assistente do Curso de Implantologia da Fundação para o Desenvolvimento Científico Tecnológico para a Odontologia, FUNDECTO, USP-SP, de 1995 a 2002


Agendamentos de Consultas
Tel (11)
2227.2070 e 2294.2776


Consultório
R. Visconde de Itaboraí, 422,
Tatuapé, São Paulo



A três quadras do Metrô Tatuapé e a duas quadras da Radial Leste ou da praça Silvio Romero


Acesso fácil para moradores do Belém, Belenzinho, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Vila Formosa e Água Rasa


Exibir mapa ampliado


aPaReCe - Quem é Vivo Sempre aPaReCe | Fernando Rebelo Fotografia